(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Úlcera Gástrica: o que é? como acontece e como tratar?

Úlcera Gástrica: o que é? como acontece e como tratar?

A úlcera gástrica, que também é um problema conhecido por úlcera do estômago ou úlcera péptica, é uma “ferida” que acontece no tecido que reveste o estômago.
É uma patologia que pode ser causada por uma série de fatores distintos e é importante conhecer cada um deles para evitar incômodos futuros.

Para cessar possíveis dúvidas sobre o tema, prossiga com a leitura do nosso conteúdo de hoje.

O que é a úlcera gástrica?

Como você acompanhou acima, a úlcera é uma “ferida”que acontece no tecido que reveste o estômago.
Ela acontece quando ocorrem algumas alterações nos mecanismos que defendem e protegem o duodeno e o estômago contra o ácido gástrico. Comumente, acontece como um agravamento de uma gastrite já existente.

De modo geral, a questão não é considerada grave, sendo tratada com medicamentos que controlam os mecanismos de proteção da mucosa e  servem para evitar que o suco gástrico que é produzido no estômago torne a ferida maior. 

As causas do problema são variadas e você vai entender um pouco mais sobre isso ao longo do conteúdo.

Causas comuns

Dentre as diversas causas do problema, estão:

  • Má alimentação;
  • Infecção causada pela bactéria H. Pylori;
  • Fator genético;
  • Consumo constante de bebidas alcoólicas que tem efeito irritativo no estômago;
  • Fumo constante, já que que o excesso de cigarro pode aumentar de maneira direta a produção de ácido clorídrico no estômago;
  • Uso constante de alguns tipos de medicamentos que afetam diretamente as defesas da parede do estômago (AAS, anti –inflamatórios)
  • Estresse frequente, já que ele pode afetar as defesas da mucosa do estômago e pode favorecer o surgimento dos sintomas do problema.

É importante ressaltar que além das causas citadas existem outros fatores que podem favorecer o surgimento da úlcera gástrica, como uma alimentação desequilibrada, com excesso de açúcares e alimentos gordurosos.
Além do mais, existem alimentos como a cafeína e a pimenta que podem tornar os sintomas ainda mais graves e ocasionar outras doenças, como o caso do refluxo, por exemplo.

Sintomas frequentes

Os sintomas são variados. Em alguns casos, a pessoa pode nem apresentar algum tipo de sintoma, mas esses casos são considerados mais raros. Além disto, eles podem se tornar ainda mais frequentes ou piores após a alimentação, o que é um problema que pode diminuir visivelmente o apetite e causar a perda de peso do portador.

Os sintomas comuns são:

  • Enjoo;
  • Vômito;
  • Dor de cabeça;
  • Dor abdominal forte;
  • Sangramentos na parede do estômago, que pode causar sangue nas fezes( melena) ou até vômitos com sangue(hematemese);
  • Dor constante em forma de queimação.

Outro ponto relevante e que deve ser ressaltado é que além da úlcera gástrica, outro problema que pode se formar é a úlcera duodenal, que pode piorar durante a noite e/ou em períodos de  jejum prolongado.

Outras informações sobre a úlcera gástrica

  • Ao notar qualquer um dos sintomas citados é indispensável buscar por auxílio médico especializado, já que muitos dos sintomas podem sinalizar também outros problemas, incluindo questões mais graves, como o câncer.
  • Normalmente o tratamento é realizado com medicamentos específicos, mas só um especialista pode receitar o melhor para o caso;
  • Evite buscar por tratamentos caseiros. Alguns deles podem agravar o caso;
  • Para ter um diagnóstico exato o médico pode solicitar alguns exames, como a endoscopia digestiva alta.

O conteúdo te ajudou a entender mais sobre a úlcera gástrica? É fundamental prestar atenção tanto nas causas como nos possíveis sintomas para saber o momento de buscar por auxílio médico.
Para informar outras pessoas sobre o assunto, compartilhe esse material nas suas redes sociais. Até o próximo conteúdo.