(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

O que deve ser feito para prevenir o câncer do intestino grosso?

O que deve ser feito para prevenir o câncer do intestino grosso?

O câncer é uma das doenças que mais mata no Brasil e no mundo. Desta forma, é indispensável entender a importância da prevenção. Ao longo do conteúdo de hoje você vai saber mais sobre como prevenir o câncer de intestino grosso e quais são os exames solicitados para o chamado ‘rastreamento’. Boa leitura!

O que deve ser feito para se prevenir o câncer do intestino grosso?

Assim como a maneira de prevenir todos os outros tipos de câncer, é interessante que a pessoa mantenha hábitos saudáveis. Ter uma alimentação saudável é prioridade para garantir uma vida com mais saúde. Uma dieta rica em verduras, cereais e frutas (fibras), e pobre em carne vermelha, açúcares e gorduras, pode auxiliar não só na prevenção do câncer de intestino, mas de uma série de doenças.

Tabagismo e sedentarismo são outros dois grandes vilões que devem ser combatidos na prevenção da maioria dos cânceres, incluindo o de intestino. Além disso, a realização de exames preventivos (como a colonoscopia) a partir de 45 anos, mesmo que a pessoa não tenha sintomas, tem um grande impacto na prevenção do câncer de intestino, por meio da remoção de pólipos, os precursores do câncer.

O rastreamento do câncer

O rastreamento serve para verificar possíveis vestígios que podem aumentar as chances do desenvolvimento de câncer. Ele acontece a partir da realização de uma série de exames solicitados pelo médico, sendo os mais comuns a retossigmoidoscopia, a colonoscopia e o exame de sangue oculto nas fezes.

O exame de sangue oculto nas fezes, como o próprio nome já diz, ajuda a verificar a presença de sangue que não pode ser visto a olho nu. Já a colonoscopia, é solicitada para visualizar o revestimento interno- mucosa- do intestino grosso. Através dela é possível verificar a presença de pólipos intestinais, consideradas lesões pré-cancerosas, e removê-los.

Alguns estudos já provaram que a colonoscopia reduz em até 77% o risco de câncer colorretal e até em 53% a mortalidade pelo câncer.

Informações:

  • Além de tudo citado anteriormente, é essencial para garantir uma vida longe do desenvolvimento do câncer, que a pessoa busque pelo médico para ter consultas de rotina. É muito comum que as pessoas busquem o profissional apenas ao notar alguma mudança no organismo, e é aí que mora o problema. Evite este hábito para garantir mais saúde;
  • Não hesite ao fazer os exames. Tire as dúvidas com seu médico e entenda um pouco mais sobre cada um deles.

No CCD realizamos consultas de rotina e também os exames citados no texto. Agende sua consulta e conte com nossos profissionais.

Para ler outros materiais informativos como este, continue acompanhando o nosso blog. Até o próximo conteúdo.