(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

O que é Ostomia? Entenda o assunto

O que é Ostomia? Entenda o assunto

A ostomia é um procedimento cirúrgico realizado no aparelho digestivo ou urinário, que tem como objetivo criar um desvio dos conteúdos que passam por estes sistemas para o meio externo, para serem recolhidos por uma bolsa coletora. Sua realização é indicada quando haja alguma compressão, obstrução que esteja impedindo a excreção das fezes e urina naturalmente. Em casos de cirurgia de urgência  no intestino pode ser que se precise confeccionar um estoma – colostomia ou ileostomia. Na maioria das vezes esses estomas são provisórios mas também pode ser definitivos.

A ostomia promove uma ligação do intestino ou da bexiga urinária, conforme o caso clínico, até uma abertura na parede abdominal.

Tipos de ostomia realizados pelo Coloproctologista

Colostomia

Criação de um canal que parte do cólon (intestino grosso). Doenças como o câncer de intestino, doença diverticular ou lesões internas podem levar à necessidade de realização do procedimento.

Ileostomia

Ligação do íleo (intestino delgado) ao abdômen. Necessária quando o cólon precisa ser removido totalmente, ou quando uma parte da estrutura está se recuperando de algum outra intervenção cirúrgica e não pode ser usada durante esse período.

Duração do tratamento com a ostomia

A ostomia pode ser temporária, durando algumas semanas ou meses, ou permanente, a depender do que o estado clínico do paciente exigir e da resposta aos tratamentos realizados de forma paralela a sua confeccão.

A ostomia não interfere nas atividades do dia a dia e é relativamente fácil de cuidar. Após a recuperação da cirurgia, os pacientes devem usar reservatórios adequados para a bolsa, que ficam aderidos a pele e são fáceis de trocar quando necessário.

Nem sempre a adaptação é fácil, e os pacientes podem ter problemas psicológicos e sociais . Para assistência sobre o assunto, estas pessoas podem contar com Sociedade Brasileira dos Ostomizados, fundação que oferece assistência em diversos assuntos a estes pacientes em nível nacional e também com diversas outras associações ou grupos em nível local que estão capacitados a fazer com que as pessoas convivam melhor com esta condição.

É importante desmitificar o uso das ostomias na sociedade e fazer com que os pacientes se adaptem bem a nova condição, sempre levando em conta a qualidade de vida e a sua saúde. Hoje existem enfermeiros especialistas nesta área e uma quantidade enorme de produtos que facilitam a adaptação e o manejo das pessoas que tem ostomias.

Dia Nacional dos Ostomizados

Para promover o apoio à causa dos ostomizados e chamar atenção ao preconceito com as pessoas com esta condição, o dia 16 de Novembro foi definido como o Dia Nacional dos Ostomizados.

Para informar outras pessoas, compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais. Até o próximo material.