(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Hemorroidas e gestação: qual a relação?

Hemorroidas e gestação: qual a relação?

Um problema que atinge cerca de 15% das gestantes, a hemorroida pode causar um desconforto a mais durante o período da gestação.
Sendo assim, é importante entender melhor os motivos do surgimento e o que deve ser feito para amenizar o desconforto.
Continue com a leitura do nosso conteúdo de hoje e entenda mais sobre as hemorroidas na gestação!

Hemorroida e gestação

As hemorroidas consistem em uma dilatação das veias que estão localizadas na região anal.
Alguns estudos já deixaram claro que, em algum momento da vida, metade da população adulta sofrerá com hemorroidas. E esse pode ser um dado ainda mais comum para mulheres no período gestacional.

É um problema mais comum nos últimos três meses da gestação, porém algumas mulheres podem apresentar em outros períodos.

Como acontece?

O surgimento de hemorroida na gravidez não é considerado nenhum ‘tabu’. Elas são consideradas normais devido ao aumento do peso corporal na mulher e também em função da pressão exercida na região pélvica. Outros fatores que podem facilitar o surgimento da hemorroida é a prisão de ventre e o aumento da quantidade de sangue que circula pelo corpo da gestante, fazendo as veias da região anal dilatarem. 

Principais sintomas

As hemorroidas na gravidez podem ser externas ou internas e podem ser percebidas pela grávida em função da dor na região anal. A dor pode ser ainda mais intensa ao andar, sentar ou evacuar.

Além disso ela pode apresentar presença de sangue vermelho vivo ao redor das fezes ou após a limpeza na região anal, coceira no ânus e, em caso de hemorroida externa, saliência anal. 

O que a grávida deve fazer para tratar?

Cada caso necessita de um tipo de tratamento. É importante conversar com o ginecologista e com o coloproctologista para ver o que pode ser usado pela grávida para tratar as hemorroidas.

Mas de modo geral, os cuidados são os mesmos para homens e mulheres não grávidas, que incluem:

– Consumir alimentos com fibras;
– Evitar o uso de papel higiênico. Preferir sempre limpar a região com água e sabão neutro ou usando lenços umedecidos;
– Beber bastante líquido;
– Não permanecer muito tempo sentada.

Dúvidas sobre a hemorroida na gestação

É possível prevenir?

Não é possível evitar as hemorroidas na gestação, mas é possível amenizar os efeitos após o surgimento.

O primeiro ponto é não forçar a evacuação, já que o esforço excessivo pode precipitar o aparecimento da hemorroida.

Além do mais, caso a grávida tenha problema de prisão de ventre, é essencial conversar com o médico para saber o que pode ser feito para tratar o problema e, consequentemente, evitar o surgimento da hemorroida.

Elas somem no pós-parto?

De modo geral sim. Depois que o corpo volta ao normal – e também a circulação sanguínea – a dilatação dos vasos do ânus diminuem. Não é uma questão que acontece imediatamente após o parto, mas os sintomas vão diminuindo com o passar do tempo.

Esperamos que o material de hoje tenha te ajudado a entender mais sobre o tema. Aqui no Blog do CCD publicamos semanalmente conteúdos relevantes sobre uma série de assuntos (e você pode deixar o seu comentário sugerindo algum tema). Continue acompanhando nosso blog para ler outros materiais. Até o próximo conteúdo.