(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Entenda sobre a Retocolite Ulcerativa

Entenda sobre a Retocolite Ulcerativa

O mês de maio é muito importante para a Coloproctologia, pois nele é realizada uma campanha nacional de conscientização sobre as doenças inflamatórias intestinais, conhecida como Maio Roxo. A Retocolite Ulcerativa é uma dessas doenças, e neste artigo vamos falar sobre o que é, quais os sintomas e como pode ser tratada.

O que é a Retocolite Ulcerativa?

Esta é uma doença que pode acomete o intestino grosso ou parte dele  e o reto. O que ocorre na prática é uma inflamação na mucosa, camada superficial destes órgãos. Pode variar entre Proctite( inflamação do reto), Colite Esquerda, Direita ou Pancolite, de acordo com a área que afeta.

A medicina estuda a Retocolite há muito tempo, porém ainda não encontrou uma causa definitiva para o problema. No entanto, os estudos já a associaram a fatores hereditários e imunológicos.

Sintomas da Retocolite Ulcerativa

A principal manifestação da Retocolite é uma diarreia constante e presença de sangue e muco nas fezes, podendo haver também pus, a depender do estado da inflamação. Dores abdominais também estão entre os sintomas.

Muitos pacientes apresentam anemia, por conta do sangramento, e perda de peso devido às evacuações frequentes. Há casos onde os sintomas da doença se refletem em dores nas articulações e olhos, e alterações nas funções hepáticas.

Quem é mais afetado pela Retocolite Ulcerativa?

Esta doença afeta mais os indivíduos jovens, a partir dos 15 anos de idade, e é menos encontrada em pessoas com mais de 50. Quem tem familiares próximos que apresentaram caso de Retocolite tem o risco aumentado em 20% de desenvolvê-la também.

Como é feito o diagnóstico da Retocolite Ulcerativa?

A consulta com um bom médico Coloproctologista é o primeiro passo que o paciente deve dar ao identificar a constância das diarreias. Este médico fará um exame proctológico inicial, e solicitará exames que excluam outras causas para os sintomas, como infecções intestinais causadas por bactérias e parasitas.

Um dos exames solicitados para identificação da Retocolite é a Colonoscopia, exame endoscópico que fornece imagens do intestino grosso com a realização de biópsias.

Tratamento para Retocolite Ulcerativa

Por não saber a causa exata deste problema, a medicina ainda não identificou um tratamento que a cure a doença. Então o que se busca é alcançar e manter a remissão da doença. A saída encontrada para tratá-la e dar mais qualidade de vida aos pacientes foi o controle por meio de medicamentos, e intervenção cirúrgica em casos mais problemáticos onde a intervenção com medicamentos não demonstra resultados eficientes.

Dentre os medicamento que fazem controle da inflamação intestinal estão sulfasalazina e seus derivados, imunossupressores e/ou imunomoduladores. É importante que o paciente seja sempre assistido por uma equipe multidisciplinar que envolva Gastroenterologistas, Nutricionistas, Psicólogos, Oftalmologistas, Hepatologistas e Reumatologistas.

Nos casos graves que demandam cirurgia, o seu médico irá te apresentar as opções possíveis e discutir caso a caso a melhor opção para o seu tratamento de acordo com a extensão da doença.