(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Entenda sobre o refluxo: o que é e como acontece

Entenda sobre o refluxo: o que é e como acontece

Quando você menos espera, tem a sensação ruim de algo subindo pelo esôfago e prestes a sair pela boca. Esta desagradável ação involuntária pode ser devida ao Refluxo Gastroesofágico, e quando ocorre com frequência, chama atenção para algo errado em seu sistema digestivo. Neste artigo vamos explicar sobre o tema para te ajudar a entender mais a respeito do assunto, e procurar ajuda caso se identifique com essa situação.

Por que o refluxo acontece?

O refluxo acontece quando há falha no funcionamento de um músculo específico, localizado próximo a junção do esôfago com o estômago. Este músculo funciona como uma válvula, que relaxa no momento de deixar o alimento consumido passar para o estômago, e contrai para que o conteúdo do estômago não volte pelo canal esofágico.

No caso do refluxo, não há o funcionamento correto do músculo, e ele relaxa no momento errado, e assim não cumpre sua função de impedir do fluxo inverso. O que faz o músculo “entender” o momento de relaxar e contrair é a pressão sobre ele. Quanto menos pressão, mais relaxado ele fica, e causa o refluxo.

Quais os sintomas do refluxo?

Além do ato do retorno do líquido gástrico, há outros sintomas que acompanham o problema, como azia, aructação, má digestão, náuseas, mau hálito e dor no estômago, entre outros. O que o refluxo pode gerar?

O conteúdo que volta no momento do refluxo contém suco gástrico, composto de ácidos que fazem a digestão dos alimentos no estômago. Ao subir, ele toca a mucosa do esôfago, podendo gerar inflamação ou feridas no local, a depender da quantidade,do nível de acidez e da regularidade com que ocorre.

Além de dor, que por si só já é um problema  eque afeta muito a qualidade de vida das pessoas, esta situação pode gerar esofagite, ou seja, inflamações graves no esôfago. Por isso, deve-se buscar auxílio médico logo nos primeiros episódios de refluxo gastroesofágico, visando evitar complicações dessa ordem.

O que causa o problema?

O problema do refluxo pode se originar da existência de hérnias hiatais, deficiência de magnésio no corpo, gravidez e má alimentação. Todas essas questões causam alteração na pressão sob o músculo citado anteriormente.

O hábito de fumar e a ingestão de bebidas alcóolicas também são causadores do refluxo, pois interferfe nas pressões do esfíncter esófágico inferior. Comer mais do que o necessário em uma refeição também pode ser causa de refluxo, pois o estômago excessivamente cheio também tende a alterar a pressão sobre o esfíncter inferior do esôfago.

Mais uma causa  do refluxo está no uso de certos medicamentos, como ibuprofeno, relaxantes musculares, aspirina, dentre outros.

Como a alimentação pode influenciar? 

Alguns alimentos contribuem para piorar a situação do refluxo, e você já deve ter uma ideia de quais são. Entre eles, estão:

  • Bebidas gaseificadas e energéticas;
  • Álcool;
  • Adoçantes artificiais;
  • Frituras;
  • Alimentos picantes ou processados;

Em contrapartida, há alimentos benéficos e ajudam no controle do refluxo. Alguns exemplos:

  • Iogurtes com lactobacilos vivos
  • Gorduras saudáveis, como óleo de côco;
  • verduras e frutas,Vegetais folhosos;
  • Água de côco;

O ato do refluxo pode ser algo que ocorre uma vez ou outra, sem representar risco para o organismo. Porém, quando ele se mostra recorrente, é fundamental procurar um médico Gastroenterologista para a analisar o caso e recomendar a melhor forma de trata-lo. O Centro de Cirurgia Digestiva do DF dispõe de especialistas em Gastroenterologia, e podem contribuir para a resolução deste quadro.
Até o próximo conteúdo.