(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Quais são os efeitos do envelhecimento sobre o sistema digestivo?

Quais são os efeitos do envelhecimento sobre o sistema digestivo?

Da mesma maneira que o organismo como um todo – tecidos, células e órgãos – o sistema digestivo também sofre alterações com o processo de envelhecimento.
Em comparação a outros órgãos, como a pele, onde a mudança é gigantesca, o sistema digestivo sofre mudanças menores. No entanto é importante ressaltar que o envelhecimento é um fator que pode ocasionar alguns distúrbios do sistema digestivo.

Prossiga com a leitura do nosso conteúdo de hoje e entenda mais sobre o assunto!

Entenda os efeitos do envelhecimento sobre o sistema digestivo

É fundamental entender algumas questões. Certas patologias podem surgir com o passar dos anos. Ou seja, algumas doenças e problemas são mais propensos em pessoas idosas, como por exemplo, diverticulose e até mesmo a constipação intestinal como efeito colateral de certos medicamentos.

Alterações nos órgãos do sistema digestivo

As alterações são visíveis no esôfago, estômago, intestino, entre outros órgãos.
Acompanhe:

Esôfago

Com o passar dos anos, algumas mudanças são notáveis no esôfago. A tensão no esfíncter superior do esôfago diminui e as contrações esofágicas também – que é um problema conhecido por prebiesôfago. Mas é importante deixar claro que o movimentos dos alimentos não sofrem nenhuma alteração e não são prejudicados em função disso.

Porém, alguns idosos ficam propensos a serem afetados por alguns tipos de patologias que interferem diretamente nas contrações esofágicas.
Além disso, a pessoa pode sentir algumas mudanças, como sensação de retenção de alimento na garganta, engasgo e disfagia.

Estômago

O estômago sofre algumas alterações em função de certos fatores, como a diminuição na produção de ácido clorídrico, o que dificulta o processo de digestão. Além do mais, pode ocorrer mudanças como a elevação da velocidade na qual o estômago transporta e esvazia alimentos para o intestino, principalmente os líquidos.
Essas mudanças normalmente não produzem nenhum tipo de sintoma notável.

Com o envelhecimento são poucos os efeitos sobre a secreção dos componentes do suco gástrico, porém, alguns quadros clínicos tendem a diminuir a secreção ácida, e problemas como a gastrite atrófica podem ser mais comuns.

Outros fatores: menor resistência da mucosa gástrica, diminuição do fluxo sanguíneo e aumento da prevalência da bactéria H. Pylori.

Pâncreas

Já o pâncreas sofre alterações no peso global, onde diminui e parte do tecido é substituída pela formação de fibrose – cicatrizes.
Essas alterações tendem a não diminuir a capacidade do pâncreas de produzir bicarbonato de sódio e produzir enzimas.

Pode causar também o aumento do nível de insulina no sangue, e a diminuição da sensibilidade ao hormônio, o que pode levar a diabetes tipo 2 e também a intolerância à glicose.

Fígado

A capacidade do fígado para metabolizar certas substâncias acaba diminuindo bastante com o passar dos anos. Em função disso, alguns medicamentos não são inativados com rapidez. Em pessoas mais jovens esse processo tende a ser rápido, mas nos idosos não.
Em consequência disso, uma dose de medicamento não teria efeitos colaterais em pessoas jovens, mas em pessoas idosas pode provocar alguns efeitos.

Sendo assim, as posologias dos medicamentos devem frequentemente ser diminuídas.
Pode causar também: diminuição da velocidade de regeneração, redução da secreção de albumina em até 20% e também de colesterol.

Intestino grosso e reto

O intestino grosso é um órgão que não sofre grandes mudanças em função da idade. Já o reto pode dilatar-se um pouco, causando problemas como a constipação intestinal frequente.

Vesícula biliar

Com o passar dos anos a vesícula biliar pode sofrer alterações, como o aparecimento de cálculos biliares que dificultam a degradação do colesterol e gorduras.

Esperamos que o conteúdo tenha cessado possíveis dúvidas e te ajudado a entender mais sobre o que acontece com o seu corpo com o passar dos anos.
Para acompanhar outros materiais relevantes, leia outros posts do nosso Blog! Até o próximo conteúdo.