(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Dosagem do CEA (antígeno carcinoembrionário) e câncer de intestino

Dosagem do CEA (antígeno carcinoembrionário) e câncer de intestino

Uma dúvida muito comum de diversas pessoas, é se a dosagem do CEA serve  para o diagnóstico de câncer colorretal. Por isso, vamos entender um pouco mais sobre o assunto e sua relação com o câncer de intestino. Prossiga com a leitura do nosso conteúdo de hoje.

O que é a dosagem do CEA – antígeno carcinoembrionário

O antígeno carcinoembrionário (CEA) é uma proteína do corpo produzida por células que revestem diretamente o trato gastrointestinal do feto. Já nos adultos, é uma proteína produzida normalmente, porém, em quantidade menores do que em um feto.

Em função de alguns fatores, quando a dosagem está elevada no sangue circulante pode indicar certos tipos de patologias do trato intestinal, especialmente o câncer colorretal – porém, não é apenas o câncer que pode ser indicado através do antígeno carcinoembrionário.

Além do mais, é um exame auxiliar que pode indicar a presença de metástase, e por isso é tão fundamental também em pacientes com câncer de intestino.

Outros casos podem alterar a dosagem do CEA?

A resposta é: SIM! Como você acompanhou na introdução do nosso conteúdo, não é apenas para o diagnóstico de câncer de intestino.

Também é um exame que pode ajudar no diagnóstico de outras patologias, como úlceras pépticas, pancreatite, inflamações e infecções, doença de Crohn, cirrose hepática, tumores de cabeça e pescoço, entre outros problemas.

Informações relevantes:

  • É bem comum que ocorra um aumento das taxas de CEA durante a quimioterapia ou a radioterapia;
  • É fundamental ressaltar que o CEA não pode ser utilizado como diagnóstico precoce de câncer de intestino. Os métodos de diagnóstico precoce e prevenção do câncer são outros, como você acompanhou nos nossos posts sobre o Setembro Verde CCD.
  • A dosagem no CEA é importante no estadiamento pré-operatório e no seguimento após o tratamento cirúrgico, pois sua elevação pode fazer o médico suspeitar de recidiva da doençsia e adotar as medidas específicas.

Esperamos que todos os conteúdos do nosso #SetembroVerdeCCD tenham te ajudado a entender a importância do assunto. Informe seus amigos e sua família sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de intestino! Cuide-se e conte com nossos profissionais. Até o próximo conteúdo.