(61) 9161-2873

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Dados relevantes sobre o câncer de intestino. Acompanhe

Dados relevantes sobre o câncer de intestino. Acompanhe

O câncer de intestino é um problema sério e que merece bastante atenção. Em Setembro, acontece o Setembro Verde (que foi criado pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia – SBCP) que é o mês de informação, alerta e conscientização sobre esse tipo de câncer. Em função disso, o CCD está desenvolvendo materiais informativos sobre o assunto. Hoje, vamos citar alguns dados relevantes sobre o câncer de intestino.

Prossiga com a leitura, acompanhe as informações e tire possíveis dúvidas sobre.
Boa leitura!

O câncer de intestino

O câncer de intestino é um problema que pode acometer qualquer parte do intestino grosso ou reto.
É uma doença tratável e também curável, em grande parte dos casos. Mas deixamos claro que para a cura, é fundamental o diagnóstico precoce. Esse é um dos motivos da campanha ser tão importante e divulgada.

Informação relevante: quanto mais pessoas souberem do quão fundamental é o diagnóstico precoce, maiores são as chances de cura de muitas pessoas.

É importante citar que grande parte desses tumores que surgem no intestino acontecem a partir de lesões benignas e pólipos que podem crescer na parede interna do intestino, e podem ser removidos antes de se tornarem câncer (por meio da colonoscopia).

Dados do INCA

O Instituto Nacional de Câncer – INCA estima que cerca de 36,360 novos casos possam surgir por ano.
É um valor que corresponde diretamente a um risco estimado de 16,83 casos novos a cada 100 mil homens e 17,90 para cada 100 mil mulheres.

É considerado, de acordo com o INCA, o terceiro tipo de câncer mais comum em homens e o segundo tipo mais comum entre as mulheres.

O câncer de intestino têm aumentado sua incidência, inclusive em populações abaixo de 40 anos. A principal forma de preveni-lo é por meio da remoção de pólipos durante uma colonoscopia, que deve se iniciar aos 45 anos em pacientes assintomáticos, e aos 40 anos em caso de histórico familiar de câncer de intestino.

O INCA também informa que existem alguns fatores de risco que devem ser levados em consideração, como idade igual ou acima de 50 anos, alimentação irregular, pobre de frutas, vegetais e fibras e rica em alimentos industrializados e processados, excesso de peso corporal e ingestão excessiva de carne vermelha.

Se você se identifica com alguns desses fatores, é importante manter consultas de rotina com o seu médico. Esperamos que o conteúdo tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre esse problema. Continue acompanhando o nosso blog e as nossas redes sociais para ter mais informações sobre o assunto. CCD e você, juntos contra o câncer de intestino. Até o próximo conteúdo.