(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Como identificar constipação intestinal em crianças e adolescentes?

Como identificar constipação intestinal em crianças e adolescentes?

A constipação intestinal é um quadro que prejudica a qualidade de vida de qualquer um que a apresente, sendo ainda mais dificultoso para crianças e adolescentes, pois interfere na qualidade de vida deles e causa sofrimento emocional. Gera ainda grande preocupação para os familiares.
Os sintomas podem se iniciar logo no primeiro ano de vida, na época de desfralde, onde se pratica o controle esfincteriano. Mas nada impede que se apresentem também nas demais faixas etárias.
A constipação em si caracteriza-se por eliminação de fezes endurecidas, de grosso calibre, que causam dor, esforço ou dificuldade na hora da evacuação. Ficar vários dias sem evacuar também é um dos sintomas.
Outra forma de identificar a constipação intestinal se caracteriza por sangramento ao redor das fezes, dor abdominal recorrente e escape fecal (que até pode ser confundido com diarreia).

Motivações

A causa mais comum desse quadro é funcional, quando se caracteriza por alguma alteração eventual do aparelho digestório, não estando relacionada a uma doença de fato. Outras causas também são possíveis, como malformações anorretais, uso de medicamentos, doenças neurológicas, endócrinas ou metabólicas.

Ciclo vicioso

Como a evacuação se torna traumática devido à dor, a criança pode apresentar um comportamento de retenção voluntária das fezes, o que provoca aumento da consistência do bolo fecal e torna a liberação posterior mais complicada ainda. Sem tratamento adequado, isso se torna um ciclo que afeta muito o cotidiano do paciente.

Fique atento

Um importante fator desencadeante da constipação é a ocorrência de evacuações dolorosas. Se a criança reclamar por mais de uma vez sobre isso, procure atendimento médico o quanto antes, pois é importante dar um tratamento adequado, afim de devolver a segurança de evacuações sem dor e sofrimento.
Busque a  avaliação de uma gastropediatra para ter mais segurança no diagnóstico. A CCD   dispõe de uma médica especializada em atendimento pediátrico, que pode encontrar o melhor tratamento para a questão, e devolver a saúde intestinal de seu pequeno.
Com informações da Dra. Daniela Souza – Gastroenterologista pediátrica do CCD