(61) 9161-2873

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

Você conhece a Colite Ulcerativa? Entenda mais sobre o problema

Você conhece a Colite Ulcerativa? Entenda mais sobre o problema

A colite ulcerativa, que também pode ser conhecida por retocolite ulcerativa (RCU), é um tipo de doença inflamatória intestinal. É crônica, não contagiosa e pode provocar uma série de incômodos no portador. Prossiga com a leitura do conteúdo de hoje do CCD e entenda mais sobre essa doença.

A colite ulcerativa

Como você acompanhou acima, o problema é uma inflamação intestinal. Acontece, mais especificamente, no intestino grosso (cólon) e no reto, em sua camada mais superficial – mucosa.
Todo esse processo pode causar algumas dores e sintomas no portador, como hemorragia, cólicas fortes, eliminação de muco nas fezes- diarreia e também febre. Em casos mais raros, pode causar alterações hepáticas e oculares.

O problema tende a provocar lesões contínuas nas áreas em que surge, e são as características de tais lesões que auxiliam no diagnóstico do problema, onde é possível determinar qual é a gravidade do quadro.

Qual a origem do problema?

Ainda hoje é considerada desconhecida a causa da colite ulcerativa. A maioria dos estudos fala que a etiologia seria bacteriana ou viral provocando uma resposta exacerbado do organismo que passa a atacar o próprio intestino.

Sintomas

Dentre os principais sintomas estão:

  • Sangramento retal;
  • Diarreia;
  • Perda de apetite;
  • Febre
  • Dor abdominal;
  • Anemia;
  • Muco nas fezes;
  • Perda de peso;
  • Hemorragia gastrointestinal;
  • Náuseas e vômitos;
  • Caroços e lesões na pele;
  • Dor nas articulações.

Os sintomas, muitas vezes, podem ser confundidos com o de outras doenças, como doença de Crohn, síndrome do intestino irritável e câncer de cólon. Desta forma, é indispensável buscar o especialista para saber qual o melhor procedimento a ser tomado.

É importante ressaltar também que os sintomas podem variar de paciente para paciente, podendo nunca aparecer e/ou surgir de uma hora para outra.

Existem recomendações para pessoas com colite ulcerativa?

As recomendações devem ser passadas especificamente por um médico especialista, ou seja, não adianta seguir receitas de terceiros, uma vez que os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. Mas de modo geral, alguns hábitos podem evitar complicações, como:

  • Reduzir ao máximo a ingestão de alimentos condimentados
  • Abandonar tabagismo
  • Evitar consumir leites e derivados
  • Evitar bebidas fermentadas, tais como cerveja, vinho

Informações relevantes sobre o assunto:

  • A colite ulcerativa pode surgir em qualquer idade. Geralmente começa antes dos 30 anos – mais especificamente entre 14 e 24. De maneira mais rara, existem pessoas que tem seu primeiro ataque de colite entre os 50 e 70 anos de idade;
  • Pessoas que desenvolveram a colite ulcerativa tem chances maiores de desenvolver o câncer de cólon. Desta forma, manter exames e consultas de rotina é ainda mais indispensável;
  • O objetivo principal do tratamento do problema é controlar a inflamação e reduzir os sintomas causados, repondo líquidos e nutrientes ao paciente;
  • A doença geralmente começa no reto. Pode também ficar confinada na região ou passar para o cólon ao longo do tempo. Em certos casos, o intestino grosso é afetado de uma só vez;
  • Faça todos os exames solicitados pelo médico. Cada um deles tem uma importância na hora do diagnóstico exato do problema.

Cuidar da sua saúde e te informar são as nossas maiores prioridades. Por isso, queremos que em 2019 você continue acompanhando nossas redes sociais e nosso blog para ler outros materiais informativos como esse, ok?
Até o nosso próximo conteúdo.