(61) 98114-2227

(61) 3965-3333

contato@ccddf.com.br

O que é a infecção causada pela bactéria H.Pylori? Acompanhe

O que é a infecção causada pela bactéria H.Pylori? Acompanhe

Conhecida normalmente por H. Pylori, a bactéria Helicobacter Pylori se aloja no estômago ou intestino prejudicando o organismo, a barreira protetora de muco que cobre a superfície mucosa e estimulando a inflamação. Pode causar variados sintomas e aumenta  o risco do desenvolvimento de alguns tipos de câncer e de úlceras.
Prossiga com o texto e entenda mais sobre o assunto.
Boa leitura.

A bactéria H. Pylori

A infecção provocada pela bactéria é a causa mais comum da gastrite e úlcera péptica, e pode aumentar mais com a idade. É considerado que até os 60 anos de idade cerca de até 50% das pessoas podem ser infectadas.

Normalmente, a H. Pylori é identificada através de exames, como a endoscopia digestiva alta. O médico também pode solicitar biópsia através do teste da urease.

Uma questão relevante e que deve ser de entendimento do portador da bactéria é que ela pode ser transmitida de pessoa para pessoa. Desta forma, os cuidados devem ser redobrados, principalmente manter o hábito de lavar bem as mãos antes das refeições, antes de manipular alimentos e após usar o banheiro.

Além do mais, a bactéria pode ser propagada através de objetos (após entrarem em contato com a saliva). Desse modo, as infecções tendem a se concentrar entre família e pessoas que convivem juntas habitualmente.

Como acontece o problema?

A H. Pylori se desenvolve na mucosa que protege o revestimento gástrico, um local que possui menos exposição aos sucos gástricos do estômago. Além disso, a bactéria produz amoníaco, ajudando a protegê-la diretamente do ácido gástrico e permitindo a penetração na mucosa.

Por conta do fator citado, as pessoas que possuem a H. Pylori apresentam de modo comum a gastrite, e muitas vezes, podem apresentar a úlcera gástrica.

Quais são os sintomas?

É comum que a bactéria no organismo não cause nenhum tipo de sintoma. Porém, ela pode destruir diretamente a barreira que protege as paredes do intestino e estômago, causando grande inflamação nos tecidos da área. Em função desse fator pode causar:

Em alguns casos pode causar anemia.

Em portadores de gastrite decorrentes da infecção pela H. Pylori os sintomas podem ser típicos de patologia, sem nenhuma alteração específica.
No caso das úlceras os sintomas podem incluir náuseas, fezes escuras ou avermelhadas e dor na região superior do abdômen.

Tratamento

Antes de citar como é realizado o tratamento, devemos ressaltar que a automedicação não deve ser buscada em hipótese alguma, uma vez que certos antibióticos podem aumentar as chances de resistência da H. Pylori, além de causar vários efeitos colaterais.

De modo geral, o tratamento mais comum é feito através de inibidor da bomba de prótons para reduzir a produção de ácido, administrado junto com antibióticos específicos que devem ser indicados por um especialista.

Informação importante: Ao notar qualquer incômodo incessante no estômago ou regiões adjacentes, busque um especialista para evitar que o caso agrave. Quanto mais cedo for o diagnóstico, melhor para o paciente.

O assunto foi útil para você? Se sim, informe outras pessoas e compartilhe o material nas suas redes sociais.
Para saber sobre outros materiais, continue acompanhando os conteúdos do blog do CCD!